Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Energisa anuncia investimentos de R$ 1,5 bilhão para 2016

Energisa anuncia investimentos de R$ 1,5 bilhão para 2016

Mesmo em meio a um cenário de retração da economia brasileira e consumo de energia elétrica, o Grupo Energisa conseguiu fechar o ano de 2015 com um desempenho financeiro positivo. Aumentou o lucro em 15,3% em relação a 2014 e receita líquida teve expansão de 44,2%.

O consumo de energia nas 13 distribuidoras presente em nove estados do país teve aumento de 19,8%, alcançando 32.656,1 GWh de energia total comercializada. A aquisição das distribuidoras pertencentes ao Grupo Rede em 2014 foi o fator primordial para isso.

Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o consumo nacional de energia do país caiu 2,1% no ano de 2015. Ainda de acordo com a EPE foi à expressiva redução de 5,3% no consumo da indústria, em função do cenário desfavorável de atividade industrial ao longo do ano, que atingiu quase todos os segmentos. Mesmo com esse resultado, a Energisa conseguiu crescer no número de vendas nesse período.

Para continuar a investir na população de quase 16 milhões de clientes, que estão distribuídos em 788 municípios do país, o Grupo Energisa teve que adequar seu perfil do endividamento. Por meio de emissão de ações, assegurou um aporte perto de R$ 3,5 bilhões que é um valor indispensável á continuidade de aplicações aos clientes.  No entanto, o ano encerrou com um saldo de caixa reforçado, o que resulta em um investimento ainda maior para esse ano.

Ano de 2016

Com objetivo de garantir maior oferta de energia e um fornecimento ainda mais de qualidade e estável, a Energisa irá investir em 2016, cerca de R$ 1,5 bilhão. Nesse montante está, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins, que são regiões de fronteira agrícola com forte tendência ao aumento no consumo de energia elétrica nos próximos anos. Essa região do Centro Oeste e o Tocantins responderão por 70% desses investimentos.

Em continuidade aos trabalhos que coloca a Energisa entre as mais eficientes do Brasil no combate a perdas não-técnicas - fraude, desvios e administrativo, esta previsto um valor de R$ 62 milhões para regularização, blindagem, telemedições e outras ações contra o furto de energia. Tudo isso para diminuir o índice de perdas do grupo.

 

 

 

 

Compartilhe nas redes sociais